Candidato Bizzaro não é privilégio só do Brasil

cachorro1O mundo todo criticou os candidatos bizarros que surgiram nas eleições brasileiras deste ano. Nomes que vão de Toninho do Diabo a Tiririca foram motivos de chacota, inclusive entre os brasileiros pseudointelectuais. Mas estes mesmos ditos defensores da inteligência dos bons costumes não olham a própria janela.

Principalmente a mídia norte-americana e muitos brasileiros que moram nos Estados Unidos e se tornaram fruto do sistema. Estar longo do Brasil não significa que devemos odiar o nosso país. Se você não está satisfeito com a situação política, por que criticar o país. Aprenda um pouco a amar a terra que te deu a vida, pois caso contrário você nem estaria morando nos EUA.

Willie Bean RoscoeMeu filho é americano, meu trabalho é americano, mas jamais vou deixar de amar o Brasil, mesmo tendo uma corja de criminosos dominando a política. Ou você já viu algum americano criticar os Estados Unidos quando a situação política vai ruim? Lógico que não. Eles colocam a culpa em quem está errado, mas abraçam a bandeira do seu país e mostram o amor por ele.

Mas deixando isso de lado, eu resolvi fazer uma pesquisa, pois há algum tempo já li sobre e garanto que muitos dos “brasileiros americanizados” não sabiam. Enquanto no Brasil tem candidatos com nomes e comportamentos estranhos, na Terra do Tio Sam, até cachorro já foi candidato a prefeito, com direito a campanha e até site para divulgar suas propostas.

bull-terrierNa cidade de Oakland, na California, o cachorro Einstein foi candidato a prefeito na eleição anterior. Para confirmar a notícia é só acessar o site http://www.einsteinforoakland.org e conhecer mais sobre a história e ver que a candidatura foi confirmada. Logo não são apenas as leis eleitorais brasileiras que aceita qualquer nome como candidato.

burrocandidatocolombiaMas as bizarrices não param por ai. O labrador Willie Bean Roscoe também concorreu a uma das prefeituras norte-americana. Isso foi em Fairhope, no Alabama e aconteceu durante as eleições de 2008. No Wikipedia você pode pesquisar mais sobre esta história.

Outro animal que se envolveu nas eleições nos Estados Unidos foi o gato Stubbs. Ele foi eleito “prefeito honorário” na cidade de Talkeetna, no Alasca e ficou conhecido como Prefeito Stubbs.

Hank-signMas o mais bizarro, foi a galinha “Mae Poulet”, que teve seu nome lançado para concorrer a vice-presidência na mesma eleição que elegeu Barack Obama em seu primeiro mandato. A galinácea é da cidade de Woodland Hills, na California, e teve até site para apresentar os seus projetos. Na chapa da galinha, o cão “Satchel”, de Nashville, no Tennessee, concorreu à presidência.

Calma que ainda não acabou. O gato Hank disputou uma vaga no Senado dos Estados Unidos em 2012, pelo estado da Virgínia. O felino morreu dia 13 de fevereiro deste ano, com 13 anos de idade.

Omacaco-tiaoutros países protagonizaram as mesmas bizarrices:

Quando ainda não existia a urna eletrônica no Brasil, o rinoceronte Cacareco recebeu cerca de 100 mil votos para vereador em São Paulo, nas eleições de 1959. Ainda no Brasil, o Macaco Tião, do zoológico do Rio de Janeiro, recebeu mais de 400 mil votos para prefeito da cidade em 1988.

MaepouletfivewebNa cidade de Xalapa, no México, o gato Morris foi candidato com o nome de “Candigato Morris” e slogan de “por uma Xulapa sem ratos”. Estas eleições foram realizadas em julho do ano passado e a página no Facebook do felino tem cerca de 300 mil seguidores.

Em todos estes casos, os idealizadores das candidaturas justificaram que estavam insatisfeitos com a política atual de suas respectivas regiões. Então, por que criticar os bizarros brasileiros, que nada são do que a insatisfação de uma política que não estão satisfeito.

Se alguém for contrário, mude-se para um país onde a ditadura domina, pois isso não é democracia. Outra coisa, os críticos vão falar que nos países acima eles usaram animais para criticar a política e que jamais seriam empossados, como aconteceria no Brasil. Mas pense antes de comentar isso e pesquisa, pois tem uma lista enorme de pessoas bizarras que foram candidatas em vários países.

Posso até escrever um artigo futuro sobre os candidatos bizarros pelo mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s