O Brasil precisa mudar, mas não começa por cima

Com a detenção do ex-presidente Lula para depor sobre o seu possível envolvimento no escândalo da Petrobras, muitos brasileiros foram ás ruas ou usaram as redes sociais para comemorar. A maioria celebravam mudanças futuras e prenunciavam que o Brasil vai tomar o rumo certo agora. Mas será mesmo? Até que ponto uma provável prisão do político ou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff pode trazer melhorias para o país ou colocar esta nação nos trilho do primeiro mundo?

Ledo engano quem pensa que isso pode acontecer mesmo. Não vamos desmerecer o trabalho da Polícia Federal, que tem feito um brilhante trabalho (e que isso não fique apenas na mídia) e ao juiz Sérgio Mouro, que se apresento como baluarte da dignidade e “justiceiro da verdade”. Ambos, PF e juiz, possuem um papel fundamental na limpeza que o país precisa e vem passando. Mas a história não para por aí.

Pode trocar, prender ou escolher novos governantes para esta nação, mas enquanto ela não se olhar no espelho e enxergar seus próprios erros, nada mudará. Um novo Brasil deve começar pelo próprio brasileiro. É preciso mudar a educação de nossos filhos, em casa, mostrar o respeito ao ser humano e acima de tudo, “morrer e nascer de novo”. Sim, isso mesmo!

É preciso que o Brasil morra e comece tudo do zero, com uma nova educação, um novo jeito de se comportar tanto em casa quanto nas ruas. De que adianta criticar as estradas esburacadas se você não para o veículo para um pedestre atravessar a rua? Que moral você tem em falar da corrupção, se na primeira chance você suborna um policial para não lhe dar uma multa? Qual a lógica de criticar os governantes se você se vende por um punhado de tijolos ou telhas?

Olhe para dentro de você, veja seu reflexo no espelho. Analise o seu comportamento e, de forma sincera, veja se realmente está fazendo a sua parte. Quantas vezes recebeu troco a mais em um mercado e não devolveu? Sabia que isso prejudica um trabalhador assalariado como você, que tem filhos e família? Sim. Isso mesmo, o caixa que te deu o dinheiro a mais deverá arcar com as consequências e pagar a diferença. Mas você não pensa nisso né! Isso porque o brasileiro é educado desde pequeno a se aproveitar das situações, mesmo que isso prejudique outras pessoas.

Portanto, mais uma vez, digo e repito não é pelo alto que o Brasil vai mudar. Tudo precisa começar a mudar embaixo. Nós os brasileiros devemos tomar a consciência de que se continuarmos agindo como animais insanos, nossa nação jamais chegará ao primeiro mundo. Então, meu amigo, ao levantar a sua bandeira nas ruas, pense se realmente você está fazendo a sua parte por completo. Se você mudanças, mas não respeita um pedestre, se aproveita do próximo, tudo não passa de “dignidade superficial” e jamais você terá o país do futuro.

Comece hoje mesmo a agir de forma racional, respeitar as pessoas, se tornar um cidadão de bem que ama a sua Pátria e o sei país. Eu vejo quem deixou a nação dizer que sente vergonha do Brasil. Não faça isso. Se você fosse um pouco mais inteligente e realmente assimilasse a cultura do país em que vive, veria que está agindo errado.

Vamos citar como exemplo os Estados Unidos. Já vi dezenas de brasileiros dizerem que sentem vergonha do Brasil e que agora estão em um país de verdade. Então se você realmente está em um país de verdade, aja como tale não como um “cão” dominado. Um americano jamais fala que sente vergonha do seu país quando ele está com problemas. Ele se revolta, sim, contra os governantes, mas a sua nação jamais será atingida pela sua fúria.  Está dada a dica, quando quiser falar mal, ataque os governantes e não o país.

E vamos mudar, mas começando por nós mesmos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s