Projeto que libera Carteira de Motorista para indocumentados em MA vai ser discutido dia 8

A deputada Tricia Bouvier é a autora do projeto que libera carteira de motorista para indocumentados
A deputada Tricia Bouvier é a autora do projeto que libera carteira de motorista para indocumentados

No mesmo dia serão discutidos projetos e emendas anti-imigrantes e o Grupo Mulher Brasileira convoca a todos para estarem presentes

O Comitê de Transporte marcou para a próxima terça-feira, dia 8, a audiência pública para ouvir depoimentos sobre o anteprojeto de lei da carteira de motorista. A audiência está prevista para começar às 10 horas e está na pauta dois outros projetos que impedem o registro de carros para quem não tem carteira. Ambos são de autoria do deputado John Fernandes.

A audiência pública está marcada para acontecer no Gardner Auditorim, onde cabem 700 pessoas, mas a coalizão da carteira de motorista está tentando mudar para uma sala bem menor porque não acredita que as pessoas comparecerão da mesma forma que em março de 2015, quando mais de 500 pessoas lotaram a State House.

“O momento é bem diferente e existe um entendimento mútuo de que este projeto não vai caminhar nesta sessão”, disse Heloisa Maria Galvão, Diretora-Executiva do Grupo Mulher Brasileira. “Primeiro nós temos um governador republicano que já disse que não assina o projeto, mesmo que ele passe na State House, segundo estamos há oito meses de eleições presidenciais acirradas, que estão dividindo o país, fragmentando o partido republicano e que tem imigração como um dos assuntos principais, além de criar um clima anti-imigrante e preconceituoso que dificulta a aprovação de qualquer medida que beneficie imigrantes indocumentados”.

Heloisa acrescentou que o Grupo Mulher Brasileira acha importante que a comunidade compareça em grande número no dia 8, “porque, embora as chances do projeto passar sejam mínimas, há necessidade de reforçar a importância das pessoas terem uma carteira de motorista”. Ela cita que isso é um direito, não é privilégio. “As pessoas precisam dirigir para o trabalho, para o médico, levar os filhos para a escola. Não é possível depender de transporte público em um estado como o nosso em que o metrô quebra toda hora. Se não comparecemos, os políticos vão entender que a necessidade não existe, ou as pessoas não estão interessadas, ou desistiram da luta. E esta é uma mensagem muito ruim que passamos”, disse.

O projeto da carteira de motorista é de autoria da deputada Tricia Bouvier e da senadora Pat Jehlen. Os outros dois projetos que serão ouvidos são anti-imigrantes, “mais uma razão para estarmos preparadas para nos opor que passem”. O H.B. 2989, exige que uma pessoa sem carteira de motorista, um ID ou um número de social só poderá registrar um carro se tiver um REAL ID. “Esse documento só será emitido para quem tem documento de residência no estado, quer dizer, se aprovada, esta medida vai impedir muitos imigrantes de registrar carro”, continuou.

A outra proposta, H.B. 2990, limita o tipo de documento que o departamento de trânsito pode aceitar para registrar veículo: carteira de motorista, ID ou número de social. Como se vê, se estes projetos passarem, além de não terem carteira, os imigrantes também não poderão registrar seus carros.

Quem quiser e puder ir à State House, dia 8, pode entrar em contato com o GMB pelo telefone (617) 202-5775 ou pode ir direto para a State House, em Park Street, Boston(Massachusetts).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s