Agente de Imigração é preso por cobrar de imigrantes para parar processo de deportação

b99454990z-1_20161020171616_000_gjb16kr1o-1-0
Divers falava para o DHS que os imigrantes o estavam ajudando em investigações

Um agente especial de imigração e um advogado de Detroit foram acusados de suborno, conspiração e obstrução da justiça como parte de um suposto esquema de imigração chamado “pague para ficar”, de acordo com o que Procuradoria os EUA nesta quinta-feira (20).

O agente, de 48 anos de idade, Clifton L. Divers é acusado de abusar de sua posição para obter vários adiamentos de deportação e outros benefícios de imigração para imigrantes indocumentados em troca de mais de US$ 5.000 e taxas de serviços jurídicos, entre outros.

O agente foi levado a uma audiência no Tribunal Distrital de Detroit na quinta-feira, com os pulsos e os pés algemados, por agentes do US Marshals Service.

De acordo com uma acusação formal aberta na quinta, o acusado foi indiciado por conspirar para danificar, obstruir e derrotar a função legal do Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS, sigla em inglês) por meios desonestos.

Ele também é acusado de destruição e falsificação de registros para obstruir uma investigação oficial pelo Gabinete do Inspetor-Geral do DHS.

Os crimes, segundo a acusação, aconteceram entre 2009 e 2015 e o agente pode pegar uma pena de cinco a 20 anos de cadeia.

O seu comparsa, o advogado Charles T. Busse, 58, de Birmingham, foi acusado pelo Ministério Público pela acusação de pagar ao agente para obter diferimentos de deportação e outros benefícios de imigração para os seus clientes.

Segundo os promotores, o esquema funcionava assim: Busse recolhia milhares de dólares de clientes para obter diferimentos da agência de imigração, que é o ato de adiar a deportação de um imigrante indocumentado dos Estados Unidos.

Diferimentos são concedidos em incrementos de um ano para permitir que um estrangeiro ajude ativamente em uma investigação oficial da lei, de acordo com a acusação.

Busse supostamente fabricava informações sobre supostas atividades criminosas para serem usadas como cooperação com a agência de imigração, mesmo os clientes não tendo conhecimento pessoal dos fatos, de acordo com os promotores.

Busse dizia aos seus clientes para fornecer informação falsa aos agentes e policiais federais e esconder o fato de que ele era o seu advogado, alega a denúncia.

Por seu papel no esquema, Divers supostamente forneceu informações falsas à agência de imigração para obter diferimentos de deportação e outros benefícios de imigrantes para os clientes de Busse.

Em um caso de 2009, Busse recebeu US$ 15.000 de um cidadão albanês que estava em processo de deportação. O advogado contatou Divers em nome do cliente pedindo ajuda.

O agente supostamente enviou um e-mail para um escritório no DHS e falsamente afirmou que o homem estava ajudando em uma investigação oficial.

Os promotores disseram que o homem não estava ajudando a aplicação da lei federal, mas por causa de e-mail, o homem teve a sua deportação adiada.

Em outro caso, a família de um mexicano, identificada como MCS, pagou a Busse a quantia de US$ 10.000 para obter ajuda. MCS estava sendo mantido sob custódia do DHS com uma deportação pendente.

O agente organizou um adiamento de um ano para MCS, depois de fornecer informações falsas para seus colegas na agência.

“Qualquer um que abusa de uma posição de aplicação da lei federal para lucro pessoal pode esperar que vai enfrentar sanções graves, incluindo processo criminal”, disse a Procuradora dos EUA, Barbara McQuade.

No tribunal na quinta-feira, o Juiz David Grande determinou uma fiança de US$ 10.000 com condições de que o acusado não entre em contato com os 34 indivíduos que são potenciais testemunhas no caso.

Como parte de suas condições de obrigações, O agente não podem viajar para fora de Michigan e deve entregar seu passaporte dentro de 24 horas, mas tem permissão para viajar para Ohio para ver sua filha.

____________________________________________________________

banner-danilo-brack

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s