Fundador do “Alt-right” pede a Trump congelamento da imigração por 50 anos

richard-spencer.jpg
Richard Spencer pretende se reunir com  Trump e propor congelamento da imigração

Um membro importante do movimento Alt-right (Direita alternativa) pediu um congelamento de 50 anos na imigração para os EUA, alegando que o país precisa “fazer uma pausa” para “tornar-se uma nação novamente”.
Falando em uma conferência de grupos de supremacistas brancos, em Washington, no sábado, dia (19), Richard Spencer, fundador do instituto de política nacional do “think tank” que patrocinou o evento, disse que a proposta é uma “política fundamental” que o movimento apresentará para a administração Trump.
Spencer disse à conferência: “A América precisa fazer uma pausa. Uma política fundamental que vamos apresentar é uma quebra em toda a imigração, em particular a imigração não europeia, por um período de 50 anos “.
Depois que suas palavras foram recebidas com uma rodada de aplausos, Spencer continuou: “Isso é algo que certamente está à frente do que qualquer coisa que Donald Trump disse. Concentrou-se na imigração ilegal, num muro e assim por diante. Mas isso é algo que eu acho que pode ser bastante atraente e pode realmente ressoar – certamente com seus eleitores -, mas acho que pode ressoar com todas as outras pessoas”.
Antes de apresentar a proposta, o líder disse que os EUA tinham uma “história de fazer uma pausa e formar uma nação”, lembrando uma política semelhante trazida durante o século XX. Ele disse: “Assim como há uma história de imigração em massa, certamente nos últimos tempos, há também uma história de fazer uma pausa e formar uma nação.
“A primeira lei de imigração nos Estados Unidos em 1790 restringiu a imigração a pessoas europeias. Em 1924, a América restringiu a imigração e efetivamente obtivemos uma imigração líquida neutra, e às vezes, mesmo líquida, por 40 anos até 1965, quando isso foi revertido.
“Eu não acho que é uma coincidência que, nesse período de 40 anos, vimos dissolver da cultura americana, da identidade nacional deste país, promovida pelas rivalidades étnicas regionais.
Segundo ele, “a era da imigração em massa e do multiculturalismo tem sido uma era de divisão e fragmentação. Vamos nos tornar uma nação novamente, vivemos essa experiência e podemos mudá-la. ”
Durante a conferência, Spencer também prometeu que o movimento “Alt-right” iria “mudar o mundo” e descreveu a América como um “país branco projetado para nós mesmos”. Ele disse: “O alt-right está aqui, o alt-right não vai a lugar algum, o alt-right vai mudar o mundo”.
Ele passou a descrever os brancos como a raça superior, afirmando: “Ser branco é ser um criador, um explorador, um conquistador. Nós não exploramos outros grupos, não ganhamos nada de sua presença. Eles precisam de nós, e não o contrário”.
Quando Spencer terminou seu discurso, vários membros da audiência tinham os braços estendidos em uma suposta saudação nazista.
A conferência viu uma sucessão de palestrantes esboçar suas visões para o futuro em frente a uma audiência de cerca de 200 pessoas, principalmente jovens brancos.

banner-danilo-brack

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s