Imigrante deportado quatro vezes é preso por esfaquear duas mulheres e abusar sexualmente de uma criança

170324140707-tommy-vladimir-alvarado-ventura-full-169
Vladimir alega inocência

Um membro da conhecida gangue MS-13 que foi deportado dos Estados Unidos quatro vezes e é originalmente de El Salvador se declarou inocente na quinta-feira (23) por apunhalar duas mulheres e abusar sexualmente de uma menina de dois anos de idade em Long Island (New York).

Tommy Vladimir Alvarado-Ventura, de 31 anos, é acusado de abusado sexual de uma criança, tentativa de assassinato, agressão e posse ilegal de arma, segundo informou a polícia do condado de Nassau.

“Isto é, em 28 anos, provavelmente o ato criminoso mais hediondo que eu já vi, e realmente é nauseante”, disse o Comissário de Polícia do Condado, Thomas Krumpter.

O caso permanece sob investigação e o acusado continua preso.

banner-danilo-certo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s